Comprar Ingressos

PERFORMANCE

qaixadqebrados

qaixadqebrados

12 a 14.05.17: sex 21h sáb 20h dom 19h

A ação, coordenada pelo poeta intermídia Reuben Da Rocha (cavalodadá/reubendê), é uma composição partilhada por seis artistas que justapõe poesia vocal, música e instalação gráfica. Com um forte acento onírico eletrônico, a performance se organiza como um sistema audiovisual que tem como eixo a voz, entre o ruído, o canto e a fala, em flutuações acima dos climas, texturas e grooves criados pelo dj Ismael Sendeski. A bailarina Beatriz Sano traz seu canto extremo ancestral inspirado pelo teatro noh japonês criando uma paisagem de timbres, velocidades, intervalos e sobreposições vocálicas, em duo com Reuben Da Rocha, cujo canto-fala transita de imagens arquetípicas aos ritmos e sensações pré-linguísticas da boca-tambor. O artista visual Bruno Kurru opera um retroprojetor em cena manipulando objetos tridimensionais e materialidades diversas na mesa de luz, simultâneo à instalação cenográfica construída pela multiartista Rosa Laura, e a iluminação de Cris Lyra. O intuito da peça é projetar um ambiente de estímulos sobre o espaço comum experimental.


BIO:

Reuben Da Rocha ou cavalodadá publicou os livros Miragem no olho aceso, As aventuras de cavalodadá em + realidades q canais de TV, Na curva da cobra nos cornos do touro no couro do tigre na voz do elefante, e o seriado em seis fascículos Siga os sinais na brasa longa do haxixe. Se apresentou em duas edições do Zapoeta / encontro de poesia falada (São Paulo 2016), no Festival Internacional Artes Vertentes (Tiradentes 2014), Festival of Words (Nottingham 2014) e no WEYA / World Event Young Artists (Nottingham 2012) / www.cavalodada.com.br .
Bruna Beber é poeta, publicou A fila sem fim dos demônios descontentes, Balés, Rapapés & apupos, e Rua da Padaria. Também realizou o espetáculo Livre Reino Aéreo do Devaneio, com Omar Salomão, em diversas cidades.
Ismael Sendeski é dj, integrante das bandas Mamma Cadela e Elephant Run. É um dos criadores, junto com o dj Kleber Nigro, do blog de ativismo e livre pensamento República do Fiume. Também é diretor de som das peças do dramaturgo amazonense Francisco Carlos.
Beatriz Sano é bailarina formada pela Unicamp. Estuda teatro noh e seitai- ho, para o teatro noh a voz é base para a construção da narrativa, e o seitai- ho observa a voz como cura.
Rosa Laura é artista visual, editora e tatuadora. Realiza objetos gráficos, tridimensionais e arquitetônicos.
Bruno Kurru é artista visual. Indicado ao Prêmio Pipa 2015, realizou exposições individuais no Paço das Artes (SP), Zipper Galeria (SP) e no Centro Cultural Elefante (DF) / www.brunokurru.com