Arquivo

Música

TIÊ

Mergulho

08/05/2017 a 22/05/2017

segundas, às 20h

O processo de composição e criação de uma obra de arte não pode ser automático. Mesmo que haja uma engrenagem de produção envolvida que exija prazos e estabeleça regras, o momento da criação é emotivo e sentimental, transcende a razão, a pressa e uma lógica racional. É essencialmente humano. E é no fim deste ciclo que Tiê nos convida a um mergulho em seu quarto álbum, que, apesar de ser lançado apenas em junho, é dissecado em mais uma temporada no Centro da Terra, a convite do jornalista e curador Alexandre Matias. Por três segundas do mês, enquanto retoca a arte final de seu disco no estúdio, a cantora e compositora abre sua cabeça e seu coração para contar sobre este processo criativo num ensaio aberto, em que mostra, a cada show, um punhado das músicas que seus fãs ainda não conhecem.

 

Cantora e compositora de voz doce e letras sinceras, Tiê tem três discos lançados pela Warner Music: “Esmeraldas” (2014), “A Coruja e o Coração” (2011), e “Sweet Jardim” (2009).

 

“Esmeraldas” foi produzido por Adriano Cintra (ex-CSS) e Jesse Harris (Norah Jones), tendo suas cordas, sopros e percussão gravados no estúdio de Harris em Nova Iorque. O álbum mantém a identidade musical de Tiê, com sua voz leve e tranquila, apresentando um amadurecimento em suas composições e letras, ao agregar a elas outras influências de melodias mais pesadas como as do folk e do rock ‘n roll. A cantora pôde contar com as participações especiais de David Byrne, Guilherme Arantes e Mauro Refosco.

 

“A Coruja e o Coração” por sua vez, teve além das participações de Jorge Drexler, Marcelo Jeneci e Karina Zeviani, as versões que Tiê fez para músicas de Thiago Pethit, Tulipa Ruiz e Calcinha Preta. A faixa autoral “Piscar o Olho”, integrou a trilha sonora da novela “Cheias de Charme” exibida nacionalmente no Brasil. “Sweet Jardim”, seu álbum de estreia, apresentou a música intimista e direta da cantora, sendo tido posteriormente como um dos “50 álbuns que formaram identidade musical brasileira dos anos 2000”.

 

Entre 2015 e 2016, Tiê conquistou seu primeiro hit. A faixa “A Noite” ganhou projeção nacional ao ser incluída na trilha sonora da novela “I Love Paraisópolis”, sendo bem recebida pelo público e se tornando uma das músicas mais tocadas no país, além de se destacar no ranking do iTunes e ter mais de 39 milhões de visualizações em seu videoclipe no Youtube. Seu mais recente single é o dueto que a cantora gravou com o cantor espanhol Pablo Alborán para a faixa “Donde Está El Amor”, que atualmente integra a trilha sonora da novela nacional “Haja Coração”.

 

Tiê já se apresentou nos festivais Rock In Rio em Lisboa (Portugal), Madri (Espanha) e no Rio de Janeiro; South By Southwest (EUA), Planeta Terra (SP) e Coquetel Molotov (Recife), Festival de Inverno de Garanhuns (PE). Em 2012, a artista abriu o Réveillon Paulista ao se apresentar para um público de 2 milhões de pessoas na Av. Paulista (SP) e em abril de 2016, teve a oportunidade de abrir os dois shows que a banda Coldplay realizou no país, um no Allianz Parque em São Paulo, para mais de 45 mil pessoas, e o outro no Maracanã (RJ), para aproximadamente 49 mil pessoas.

 

Ao vivo, Tiê interage com seu público e sua banda através de seu estilo leve e sincero, compartilhando histórias autobiográficas e até piadas entre uma canção e outra, passando por momentos densos e dançantes durante seu show.

 

Atualmente, a cantora trabalha em seu quarto álbum de estúdio, previsto para ser lançado em junho de 2017.